fbpx
Gestão escolar: dicas para voltar a crescer

Gestão escolar: dicas para voltar a crescer

Toda transformação social deixa sequelas por onde passa, é só observar a história mundial para ter certeza disso. Portanto, com a crise ocasionada pelo novo coronavírus (Covid-19), a tendência é que não seja diferente. Após tudo o que ocorreu este ano, é esperado que em uma volta às aulas as escolas nunca mais retornem ao que eram antes… E esse fato exige da gestão escolar clareza para manter o futuro sob controle. 

Não voltar ao que era antes, não significa que as instituições vão viver em crise e não crescer mais. Pelo contrário, significa que certos aprendizados devem ser absorvidos da situação, para que a partir do “novo normal”, haja perspectivas e soluções inovadoras para os problemas encontrados.

Para ajudar nesse processo, separamos algumas dicas que vão auxiliar a escolher os próximos passos. 

Cenário exige atenção da gestão escolar

Segundo dados da Secretaria Estadual da Educação de São Paulo, entre abril e maio deste ano, 2.388 estudantes foram transferidos de escolas particulares para a rede pública. Para se ter uma ideia, em 2019, no mesmo período, esse número era de 219 transferências.

O atual cenário econômico é o principal fator de decisão para essa dispersão. Por isso, para contornar os efeitos, é essencial pensar em um planejamento estratégico que atue nas dores e reflita no crescimento das matrículas

A Editora do Brasil além de oferecer os melhores conteúdos didáticos e de literatura, é um apoio às escolas em momentos como esses. Em sua assessoria pedagógica, presta orientações e suporte para garantir a correta implantação dos materiais adotados. Também, atenta-se a atender às demandas emergentes dentro de cada contexto e, desse modo, disponibilizar a melhor solução.

Outro destaque da Editora do Brasil é a exclusiva solução Código Promocional. Perfeita para as escolas que precisam de outros meios para conquistar mais recursos financeiros. Em suma, as instituições que adotam as coleções didáticas da Editora do Brasil e aderem ao Código Promocional, recebem um desconto diferenciado. Podendo, assim, repassar parte dele para os responsáveis que comprarem na loja virtual da Editora. Como consequência, as instituições recebem uma bonificação referente a essas compras, além de outros benefícios que você conhece aqui!

Marketing e planos de mídia

Agora, é o momento da gestão escolar se preocupar em fortalecer o seu institucional. Isso representa fazer com que a marca seja lembrada por sua relevância e indispensabilidade. Que tal abrir espaço para o marketing da sua escola? Produzido pelo corpo docente, ele objetifica apresentar e explicar o que é feito na sala de aula. Da mesma forma, como funciona o processo de ensino-aprendizagem e porque estudar nesse colégio é benéfico para os jovens.

Dentro da comunicação, uma infinidades de ações podem ser implantadas. Como o “Good News”, que é comunicar as boas notícias e práticas para levantar os ânimos. Até a propaganda propriamente dita, por meio de campanhas institucionais. Essas podem mostrar a estrutura da escola e seus diferenciais. Também a proposta pedagógica, as atividades intra e extracurriculares, além de promover a qualidade do corpo docente. 

São boas possibilidades campanhas com estratégias comerciais, como concurso de bolsas, descontos e condições especiais. Mas sempre tomando um cuidado especial, para não atingir os clientes antigos e afetar a fidelização.

Tecnologias digitais: inove dentro e fora da sala de aula!

Se a sua instituição ainda não estiver adaptada para as matrículas online, agora é o momento de correr atrás disso! Além de todas as facilidades do meio digital, implantar um sistema que possibilite que a matrícula seja feita à distância permite que as campanhas comecem já. Isso sem infringir as atuais normas de saúde. 

Além de simplificar as burocracias, prove às famílias que a escola está preparada para um retorno. Com os protocolos de saúde e segurança já planejados para longo prazo e o acadêmico bem estruturado, sem resquícios de improviso. 

Aulas online: ebook 7 recursos digitais para aulas remotas

É importante também investir em tecnologias que mostrem aos pais que a escola está preocupada em se manter atualizada e oferecer o melhor a seu corpo discente. Com a Editora do Brasil, gestores, professores e estudantes podem ter acesso ao catálogo completo de literatura infantojuvenil em uma plataforma de streaming de livros digitais: o NetLit. O mais legal, é que além de um catálogo de 300 títulos, da Educação Infantil ao Ensino Médio, ela pode ser acessada por celular, tablet ou computador.

Já a plataforma Laboratório Educacional Brasil – LEB, da Editora do Brasil, é uma ferramenta de incentivo aos professores e alunos a irem além da sala de aula. Com um ambiente virtual especialmente elaborado para experiências dinâmicas com o conteúdo digital das coleções didáticas, a plataforma traz recursos que complementam os assuntos estudados em sala de aula. Igualmente, traz para os professores ferramentas para a prática de ensino atrativo e de qualidade.

São desde videoaulas; galeria de imagens; atividades interativas; aulas de campo em vídeo conduzidas pelos autores da obra; até planos de aula com temas atuais e próximos aos estudantes, como séries e filmes.

Capacite o corpo docente

Justamente por saber da importância dos educadores se manterem atualizados, a Editora do Brasil criou há cinco anos o Educa Brasil. De lá para cá ele já certificou mais de 40.000 profissionais! Em um momento como o atual, o projeto é um grande diferencial, pois oferece cursos de formação continuada com certificação na modalidade EAD. A cada ano, são abordados novos temas relacionados aos principais desafios do cenário educacional. 

Atualmente, o curso é sobre o “Novo Ensino Médio: dos fundamentos teóricos aos desafios da implementação” e está separado em quatro trilhas – uma por área de conhecimento (Linguagens e suas Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias, Ciências Humanas e Sociais Aplicadas e Ciências da Natureza e suas Tecnologias) – direcionada aos professores, e uma trilha focada nos gestores. 

Um dos outros serviços disponibilizado para as escolas que utilizam as obras da Editora do Brasil é o Percurso Formativo. Um projeto de formação que consiste em encontros presenciais e à distância. Suas propostas reflexivas otimizam o uso do livro didático em sala de aula e proporcionam momentos de reflexão ao professor sobre sua prática pedagógica e a importância da formação continuada.

Se mantenha atualizado 

Nesse sentido, uma alternativa para ajudar as instituições de ensino é o Conexão Didática, da Editora do Brasil. Por meio de palestras, encontro com autores e webinars com especialistas o projeto busca ampliar, de maneira prática, o repertório profissional dos educadores e gestores da escola, debatendo temas emergentes e necessários. 

Do mesmo modo, a Editora possui três títulos em sua Coleção de Bolso ideais para o profissional antenado no atual momento de crise: “Gestão Escolar de Bolso”, de Francisca Paris e Claudio Paris, que traz reflexões sobre os desafios em torno da educação com qualidade; “Marketing Escolar de Bolso”, de Helena Poças Leitão, que apresenta técnicas e práticas de marketing para ajudar escolas no desenvolvimento de seu plano estratégico; e “Geomarketing Escolar de Bolso”, um livro que aborda ensinamentos práticos voltados para donos, mantenedores e pedagogos sobre o potencial de explorar a localização da instituição.

Boas relações trazem bons resultados

Para uma recuperação saudável, a gestão escolar deve entender que agora, mais do que nunca, as dimensões administrativa-financeira, pedagógica e afetiva devem andar de mãos dadas. Um bom relacionamento entre toda comunidade escolar e empatia são o que farão a diferença para as famílias na hora de escolher onde seus filhos vão seguir aprendendo.

Boas práticas impactos financeiros

Fonte: Número de alunos transferidos da rede particular para estadual cresce mais de dez vezes; matrícula online é aberta pela primeira vez.

Facebooklinkedinyoutubeinstagram